Integrare, P&G e Movimento Black Money se unem em programa inédito de desenvolvimento para afroempreendedores.

A iniciativa faz parte da segunda onda da Aceleradora P&G Social, edição racial 360° Integrare, o Movimento Black Money e P&G, por meio da Aceleradora P&G Social, abriram inscrições para o Programa de Desenvolvimento Racial 360°, que tem o objetivo de alavancar o desenvolvimento de empresas fundadas e geridas por negros, além de criar condições de reparações estruturais e contribuir para empreendimentos de pessoas negras no mercado de trabalho.

“Hoje, no Brasil, pelo menos 50% dos empreendedores são negros, mas eles também são os que têm o menor rendimento mensal. Por isso, queremos ser um agente efetivo de mudança para uma sociedade mais justa e igualitária, criando condições e contribuindo para empreendimentos de pessoas negras no mundo corporativo”, afirma Juliana Azevedo, Presidente da P&G Brasil.

Dentro da jornada de capacitação oferecida pela segunda onda da aceleradora, serão trabalhados de forma consistente aspectos que envolvem o negócio de maneira holística e apresentadas as melhores práticas de áreas como marketing digital, modelagem de negócios, gestão de pessoas, compliance, vendas, finanças e contabilidade, comunicação e apresentação de pitch.

“Com essa iniciativa, será possível capacitar os empreendimentos por meio das habilidades dos seus gestores, para que eles conheçam a fundo o seu negócio, desenvolvam suas capacidades de negociação e, principalmente, entendam os processos de uma grande empresa e o que elas esperam de seus fornecedores”, ressalta Umberto Brito, Relações Institucionais do Integrare.

A capacitação também tem como objetivo abrir as portas das organizações. Após a conclusão dos webinars de cada área, os afroempreendedores ainda participarão de uma rodada de negócios exclusiva com os compradores da P&G, para que possam se apresentar e colher futuras oportunidades.

“Nessa rodada de negócios é possível colocar em prática todos os aprendizados, além de ser uma oportunidade para fortalecer e ampliar a sustentabilidade do negócio a longo prazo. Está dentro da nossa missão aproximar e desenvolver os fornecedores minoritários”, explica Nina Silva, CEO do Movimento Black Money.

Serão ofertadas pelo menos 20 vagas e o afroempreendedor interessado, pode se cadastrar pelo site até o dia 14 de fevereiro.

Compartilhe

Nosso desafio é garantir a continuidade e o sucesso entre negócios sustentáveis.

 

Para isso, trabalhamos com algumas diretrizes que guiam nossas relações, tanto com nossos fornecedores provenientes de grupos minoritários, quanto com as grandes corporações que são associadas.

Para empresas

  • Acesso a base de fornecedores capacitados pelo Integrare;

  • Modelo estruturado de negociação com retorno de ganhos financeiros;

  • Possibilidade de trabalho de branding enfatizando a relação da empresa com fornecedores diversos;

  • Impulsionamento do trabalho para as metas de compliance;

  • Participação de uma rede colaborativa e de diálogo entre MPEs e grandes empresas;

  • Promoção de valores de inclusão e sustentabilidade na cadeia de fornecimento.

Para fornecedores

  • Acesso a orientações sobre as realidades de compliance de grandes corporações;

  • Impulsionamento da capacidade administrativa e gerencial;

  • Ampliação de acesso a uma agenda ativa de negócios;

  • Possibilidade de networking com profissionais de compras de diversas empresas;

  • Possibilidade de crescimento e produtividade contínua;

  • Capacitação para atuar com independência econômica.

Nossos cases

Impacto nos negócios, resultados na economia

Conheça alguns cases de como o projeto Integrare trazendo diversidade pra cadeia de compras.

Nossa história

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram

© Feito com amor por MCM Brand Experience